DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

segunda-feira, 10 de julho de 2017

MACURURÉENSE QUE FOI CONDUZIDO PRA DELEGACIA COM MOTO “COM QUEIXA DE ROUBO” ESCLARECE QUE NÃO SABIA QUE A MOTOCICLETA ERA ROUBADA, COMPROU DE BOA FÉ E PAGOU PREÇO DO MERCADO PELA MESMA.

O Comerciante e Criador Manoel Pedro de Jesus, de 44 anos, conhecido popularmente na cidade de Macururé por “MANÉ PEDRO” procurou o Blogger BEIRA RIO NOTÍCIAS para esclarecer fato e reportagem que foi veiculada no Site de Paulo Afonso (CHICO SABE TUDO) e em outros da região sobre sua suposta prisão ao ser flagrado com uma moto roubada, onde o mesmo esclarece não saber que a tal motocicleta envolvida no fato poderia ser um produto de roubo ou furto, que de boa fé comprou a mesma e pagou por ela o preço de mercado.

Ele, (MANÉ PEDRO) esclarece o seguinte:

_ “Eu me encontrava num estabelecimento comercial no centro de Macururé, precisamente na avenida ACM, de forma que a citada moto estava estacionada em frente ao local quando os policiais adentraram no recinto à procura do suposto dono da motocicleta procurando saber quem era Zé Pedro, e eu prontamente corrigir o meu nome e disse a eles que eu me chamava “Mané Pedro” e de pronto me identifiquei como sendo o dono daquela motocicleta que a qual eles procuravam saber, foi quando fui convidado a acompanhá-los até a delegacia da cidade para enfim tratar de assunto daquela moto que ali na frente estava estacionada.”

CHEGANDO NA DELEGACIA:

Já na Delegacia de Polícia Civil fiquei surpreso em tomar conhecimento através dos policiais que a aquela moto após consulta da placa tratava-se ser um produto de roubo/furto.

A MINHA BOA FÉ – E PORQUE EU NÃO SABIA SER ROUBADA, DIGO O SEGUINTE:

“Comprei esta moto recentemente de boa fé e na confiança não providenciei consultar sua procedência pelo simples fato de estar comprando a mesma a uma pessoa conhecida e moradora da cidade e na observância de que a referida moto já transitava pela cidade a mais de 2 anos, ou seja, a moto que agora se sabe ser produto ilícito já rodava  pelas ruas de Macururé a bastante tempo, por isso confiei em fazer o negócio sem uma prévia consulta, apenas checando as informações que continha nos documentos.”

QUANTO PAGOU PELA MOTO? Ele diz o seguinte:

“A moto em questão está financeiramente para minha pessoa num valor equivalente a uns R$3.400,00 (Três mil e Quatrocentos Reais)”

“O que eu paguei pela moto foi de maneira que dei ao cidadão NICO morador também aqui da cidade, no bairro do Marí, onde já era do meu conhecimento que o mesmo já tinha comprado esta moto da pessoa também conhecida e da cidade por nome “SILVANO onde de fato dei uma outra moto mais velha em troca que na negociação foi passada pelo valor de R$2.000,00 (Dois mil Reais) acrescido de mais 7 cabeças de criação numa média equivalente a R$1.200,00 (Hum mil e Duzentos Reais), onde para se chegar ao valor real do negócio lhe passei a quantia em dinheiro de R$200,00 (Duzentos Reais), ou seja, finalizando um total de (Três mil e Quatrocentos Reais), que é o valor de mercado da referida moto, e até acho que paguei pela mesma um pouco mais do que a mesma valia." 

Então eu me pergunto: Eu seria louco de pagar um valor deste por uma moto roubada? E agora ter minha foto e nome em manchetes de reportagens de sites e blogs?

FINALIZANDO:
Por estas e outras razões procurei o Blogger BEIRA RIO NOTÍCIAS que o qual agradeço por não ter compartilhado a matéria que o site “Chico Sabe Tudo”  reportou com meu nome e foto de forma a denegrir minha imagem e reputação na cidade, onde aproveito a oportunidade para solicitar ao editor da redação do Chico Sabe Tudo e demais portais que refaçam suas matérias e esclareçam o meu ponto de vista, a minha boa fé e honestidade no fato ocorrido referente a esta moto, e que justiça seja feita para reparar os danos causados a minha pessoa, e meu muito OBRIGADO!

Manoel Pedro de Jesus


Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS