DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

'ELE NÃO MERECE PERDÃO', afirma SEGURANÇA AGREDIDA por MARIDO DE DELEGADA em Minas

A segurança Edvânia Nayara Ferreira Rezende, 23 anos, agredida no último sábado (17) pelo marido de uma delegada em Três Corações (MG), afirmou que não vai “deixar ficar por isso mesmo o ataque sofrido. "Ele não merece perdão", afirmou, em entrevista à EPTV. 


O agressor foi identificado pela Polícia Militar: Luiz Felipe Neder Silva, comerciante. Segurança do Clube Atalaia, Edvânia estava no horário de expediente quando foi agredida. Ela tentava auxiliar a esposa de Silva, Ana Paula Gontijo, titular da Delegacia da Mulher do município, que já havia sido espancada por ele. Ana Paula jogou a chave do carro para Edvânia – segundo testemunhas, Luiz Felipe parecia estar embriagado. “Ela é minha esposa, eu estou com vergonha do que ela está fazendo. Por que você está me tratando assim? Eu quero levar ela embora. Eu estou com vergonha”, falou Silva. Baixa a bola”, respondeu a segurança. “Baixa a bola você. Baixa a bola você”, rebateu Silva, agredindo Edvânia em seguida. 


"Quando ele veio para cima de mim, eu fiquei com medo. Tanto que eu encostei no carro e foi por isso que ele conseguiu me acertar. Eu não tinha para onde fugir. Mas quando eu caí no chão, eu queria voar nele. Eu só não parti para cima dele porque não deixaram", relata. "Não importa se ele estava bêbado. Não tem como justificar o que ele fez", completa. 


O comerciante foi autuado pela Polícia Civil por lesão corporal e até este domingo (18), estava  preso no Presídio de Três Corações. O motorista de caminhão Enioberto José de Jesus, de 30 anos, também afirmou ter sido agredido por Silva, tendo perdido dois dentes. Ele é sócio do clube e estava de saída do local quando viu Edvânia ser chutada pelo homem. "Ele estava chutando o rosto dela. Foi quando ele saiu de perto dela e sacou um canivete para um outro segurança. Eu fui pedir para ele acalmar, porque ele estava muito nervoso". Ele afirma que Silva ficou cada vez mais agressivo. "Aí eu fui sair de perto. Quando eu saí de perto, que eu virei para buscar meu carro, ele foi e me acertou um murro de lado, pegou eu de costas, saindo assim e me acertou um murro na boca". 
BAHIA NOTÍCIAS

Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS