DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

segunda-feira, 25 de abril de 2016

UM TERÇO DA COMISSÃO DO IMPEACHMENT NO SENADO É INVESTIGADO PELO SUPREMO FEDERAL

Mais de um terço dos 21 senadores, indicados para a comissão do impeachment, responde a inquéritos no Supremo Tribunal Federal. Dos oito parlamentares com processos, quatro deles fazem parte da lista dos investigados pela Operação Lava Jato. Caberá ao grupo analisar a denúncia contra a presidente Dilma Rousseff aprovada na Câmara no último dia 17. Gleisi Hoffmann (PT- PR), Lindbergh Farias (PT-RJ), Fernando Bezerra (PSB-PE) e Gladson Cameli (PP-AC) são alguns dos senadores investigados por suposto envolvimento no Petrolão. Lindbergh lidera a lista com cinco processos. Já Gleisi, que foi ministra da Casa Civil no primeiro mandato de Dilma, é alvo de dois procedimentos. O senador Fernando Bezerra, que responde a quatro inquéritos, foi citado na delação do ex-diretor da estatal Paulo Roberto Costa por ter recebido R$ 20 milhões na época em que ele era secretário do então governador de Pernambuco, Eduardo Campos, morto em 2014. Aloysio Nunes (PSDB-SP) também é alvo de um inquérito que oculto no STF, em razão de desdobramentos da operação Lava Jato. Os outros senadores da comissão que são investigados no STF são Simone Tebet (PMDB-MS), Wellington Fagundes (PR-MT) e Vanessa Grazziotin (PC do B - AM).

Bahia Notícias

Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS