DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

CARRO DE ESTUDANTE MORTO EM PAULO AFONSO ERA BLINDADO; DELEGADA FALA SOBRE O CRIME

Thiago morava e trabalhava em Paulo Afonso, como comerciário. Ele não era casado. Deixa namorada e um filho.
Segundo informações veiculadas pelo portal de notícias Correio 24h de Salvador, baseadas em entrevista concedida pela delegada municipal de Paulo Afonso, Antônia Jane, o carro em que estava o estudante Thiago Ramos de Souza, de 28 anos, que foi morto a tiros quando chegava na faculdade para o primeiro dia de aula, era blindado.
De acordo com a delegada, o crime aconteceu por volta das 19h de terça-feira (2), na Rua Vereador José Moreira, no centro da cidade. Thiago estava chegando para o primeiro dia de aula na faculdade quando foi abordado por homens armados. Os suspeitos estavam em um HB20 branco, desceram do veículo e atiraram contra o estudante.
No momento do crime, Thiago estava com uma prima, mas a moça conseguiu fugir e não foi ferida. Depois de matar o estudante, os bandidos fugiram. "Ainda não temos o número exato de bandidos e estamos investigando a motivação do crime. O carro em que a vítima estava era blindado e os bandidos não levaram nada depois do crime. Executaram e foram embora", contou a delegada.

A ação foi flagrada por uma câmera e as imagens estão sendo analisadas pela Polícia Civil. A delegada ouviu a prima e outros parentes de Thiago, mas não divulgou o conteúdo dos depoimentos para não atrapalhar as investigações. A polícia ainda não tem suspeitos de autoria.
O estudante foi atingido diversas vezes. Segundo investigadores, ao menos, sete tiros foram disparados, mas a polícia não confirmou se todos atingiram a vítima. Os bandidos usaram escopetas e pistolas para praticar o crime.
Thiago morava e trabalhava em Paulo Afonso, como comerciário. Ele não era casado. Deixa namorada e um filho.
Por volta das 7 da manhã de hoje (4), o tio de Thiago, Alonso Ramos, proprietário do supermercado administrado pela família Ramos, também foi assassinado com vários tiros quando chegava para abrir o estabelecimento, a maioria dos tiros atingiu a cabeça da vítima. Ele ainda foi encaminhado com vida para o Hospital Nair Alves de Souza, mas morreu em seguida. O filho dele, Bruno Ramos, também foi baleado com um tiro na perna, mas não corre risco de morte.

FONTE OZILDO ALVES
Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS