DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

sábado, 7 de janeiro de 2017

CHACINA DE FEIRA: POLÍCIA INVESTIGA SE FILHO MORTO DE ADOLESCENTE ERA DE GILSON

Em coletiva de imprensa para apresentação de Gilson de Jesus Moura, 49 anos, acusado de cometer uma chacinar contra a própria família ao incendiar a residência com as vítimas dentro, o delegado João Uzzum, coordenador responsável pela Coordenadoria de Polícia do Município (1ª Coorpin), informou que entre as linhas de investigações está a de que a enteada de Gilson, a adolescente Emilie de Jesus Moura, 16 anos, estaria grávida dele.
Segundo a delegada de homicídios de Feira, Larissa Lajes, Gilson discutia com a enteada por causa do bebê. "Ele tentou demonstrar uma sentimentalidade falsa, mas demonstrou sentir um ciúme doentio da companheira", disse.
Ao ser apresentado ele disse à imprensa que arrependimento é pouco para o que ele está sentindo. Porém demonstrou frieza ao relatar que "deve pagar pelo que fez a família e a toda sociedade".
Ele negou sentir ciúmes da mulher e disse não se lembrar bem do que aconteceu. "Eu não tinha ciúmes dela. Se tivesse não compraria um bar para ela trabalhar. Eu não sei o que fiz", argumenta o comerciante que ainda se justificou sobre a compra da gasolina. "Eu comprei gasolina para abastecer a moto dela", disse.
Segundo o coordenador Uzum, Gilson irá responder por cinco homicídios qualificados, duas tentativas de homicídios qualificados e um aborto, já que o bebê estava no ventre quando foi morto no incêndio.

Ainda segundo Uzum, caso alguma das vítimas que estão em estado grave no hospital venha a óbito, Gilson responderá por mais homicídios qualificados.
Por Tony Silva | Fotos: Paulo M. Azevedo // Bocão News
Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS