DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

terça-feira, 4 de outubro de 2016

MARCÍLIO FICA EM 1° LUGAR, MAS RESULTADO NÃO É HOMOLOGADO EM CABROBÓ

População ainda não sabe quem vai administrar a cidade em 4 anos. Candidato com maioria dos votos está com registro indeferido com recurso.
Os moradores de Cabrobó, no Sertão de Pernambuco, ainda não sabem quem administrará a cidade pelos próximos quatro anos. De acordo com o Tribunal Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), o resultado da eleição municipal de 2016 não foi oficializado pelo Superior Tribunal Eleitoral (TSE). E, dependendo do que for decidido na Justiça Eleitoral, uma nova eleição pode ser realizada no município. (Confira resultado no TSE)
Segundo o TRE, em Cabrobó, a chapa composta pelo candidato a prefeito Marcílio Cavalcanti (PMDB) e Pedro Caldas (PT) como vice, concorreu a eleição com candidatura sub judice, com registro indeferido com recurso. Neste caso, nome e número do candidato constam na urna, recebem a votação, mas o município só terá o resultado oficializado após o julgamento do processo eleitoral.
Se decisão for favorável, candidato mais votado assume à Prefeitura de Cabrobó (Foto: Reprodução / Tribunal Superior Eleitoral)
Na eleição neste domingo (2), o candidato Marcílio Cavalcanti (PMDB) teve 10.564 votos, contra 8.293 de Antônio de Nestor (PSB). Como ainda é aguardada a decisão da Justiça Eleitoral, no site do TSE, Antônio de Nestor aparece com 100% dos votos válidos e Marcílio não teve votos registrados. O candidato já recorreu da decisão e aguarda julgamento.
Em nota o TRE informou que, caso o indeferimento da candidatura do prefeito com maior número de votos seja mantido após o julgamento, deverá ocorrer eleição suplementar para escolha de um novo prefeito. O candidato Antônio de Nestor não pode assumir a vaga porque não obteve a maioria dos votos válidos.
O candidato mais votado não teve os votos validados. Decisão será da Justiça Eleitoral. (Foto: Reprodução / Tribunal Superior Eleitoral)

Santa Filomena
Em Santa Filomena, no Sertão de Pernambuco, a eleição também está sub judice. O candidato Gildevan Melo (DEM) está com o registro de candidatura indeferido com recurso. O candidato Cleomatson (PMN) obteve a maioria dos votos, com 4.847 contra 4.487 de Gildevan. O TRE informou que independente do resultado do julgamento do recurso, o resultado não será alterado, visto que o candidato com recurso obteve votação inferior ao primeiro colocado.
G1/PETROLINA
Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS