DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

EM CHORROCHÓ, A CREDIBILIDADE DO BLOGUEIRO EDIMAR CARVALHO.

Não há esperança de sobrevivência humana sem homens dispostos a dizer o que acontece” (Hannah Arendt).
Este não é um texto essencialmente jornalístico. Cinge-se ao interesse deste escrevinhador em conhecer melhor o pensamento e a atuação de algumas pessoas que, inegavelmente, vêm se destacando no município de Chorrochó.

Edimar Maciel de Carvalho é uma dessas pessoas atuantes, atentas e irrequietas com as peripécias da realidade local.

Edimar Carvalho vem de uma estirpe tradicional de Chorrochó, com raízes na zona rural do município, mas é um clássico defensor das questões urbanas surgidas em razão das urgentes transformações e necessidades sociais.

Edimar é uma das crias do tradicional Colégio Cenecista São José, que lhe concedeu o título em magistério e tem formação superior em Serviço Social. É concursado da Prefeitura de Chorrochó. Exerce, com eficiência, um mister louvável na área de saúde, o que lhe exige dedicação e seriedade.

Tem um histórico de luta em ações sociais, participou de frentes emergenciais da seca e coordenou o Comitê Gestor do Programa Fome Zero no município.

Em 02 de novembro de 2012 fundou o blog Chorrochoonline, iniciativa que deu certo e vem se firmando como eficiente canal de informações. O blog tem o condão de afastar a modorrenta e costumeira apatia dos meios de informações, mormente no que tange à atuação dos gestores públicos.

Inobstante a exigência da publicidade dos atos administrativos, os agentes públicos do sertão nunca souberam que bicho era esse e tocavam a administração aos trancos e barrancos. O surgimento dos blogs deu-lhes um cutucão.

Embora não se cuide, aqui, de raciocinar sobre questões políticas, é forçoso reconhecer que Edimar Carvalho é um ente político. “Sou filiado ao PCdoB”, diz ele, em entrevista concedida a este escrevinhador.

Não exatamente em razão de sua condição política, mas também por isto, realizou algumas ações sociais em Chorrochó como, por exemplo, a operação tapa buraco em 2016, que beneficiou a rodovia que dá acesso ao trevo local, assim como um trabalho profícuo envolvendo esgotos na vila popular.

Angariou doações de materiais e voluntários para essa contribuição ao município, um claro sinal de que iniciativas da sociedade às vezes superam, com vantagem, a atuação da administração pública, quase sempre negligente e indiferente às causas indispensáveis.

Edimar Carvalho é administrador, diretor e redator do blog Chorrochoonline. Este tem sido uma trincheira para externar suas opiniões, que se ramificam em grupos nas redes sociais. “Gosto de divulgar e manter a população informada”, diz ao ser perguntado que papel exerce no blog e redes sociais.

As chamadas redes sociais são perigosíssimas armadilhas para seus usuários, de modo que a cautela é o norte para quem lá divulga seus pontos de vista, principalmente se trabalha na área de comunicação. Edimar Carvalho tem conseguido transitar em todas elas com desenvoltura.

Entretanto, a atuação de Edimar Carvalho às vezes esbarra, como de praxe, em algumas resistências de líderes políticos e seus arraigados defensores, o que é salutar na vida democrática. Existe uma linha tênue entre o dever de informar e a interpretação da informação publicada.  

É o caso de recente polêmica com o prefeito de Macururé que, parece, não conseguiu absorver, de imediato, o conteúdo de noticiário sobre a paternidade de algumas obras do município e região. Embora superado o episódio, parece razoável presumir que a vaidade ainda permeia a atuação dos homens públicos, o que, de resto, não é privilégio dos gestores de nosso combalido sertão. 

Muitos administradores públicos ainda se envolvem em discussões pífias, esdrúxulas, desnecessárias. Como se vê, mantemos os vícios sedimentados em décadas de administrações, que tinham como escopo o deslumbramento dos prefeitos e seus apoiadores, em detrimento das causas prementes da população.  

Este escrevinhador procurou entender, no decorrer de entrevista concedida por Edimar, sua opinião sobre algumas instituições e administradores da região. Ei-la, em resumo:
Chorrochó: Ainda não dá pra saber se Humberto vai fazer uma boa gestão, porém muitas pessoas talentosas ficaram de lado nesse terceiro mandato dele, talvez seja um erro, mas o básico está sendo feito”.

Macururé: É uma prefeitura que não dá pra dizer como vai terminar. É um lugar que falta água, não tem agência bancária e nem Correio”. Notei, aqui, que a citação a esses problemas de Macururé não se deu em tom de crítica, mas tão-somente de constatação.

Rodelas:Geraldinho era funcionário da prefeitura, não é político, porém foi eleito por Emanuel, que pretende se lançar candidato a deputado”. Neste ponto, Edimar foi claro ao dizer que não tem conhecimento pleno dos meandros  da política daquele município.  

Abaré:Eu creio que a administração de Fernando, se ele segurar o pique e virar o ano sem pendências será referência na região, bem acima dos demais’.

Perguntado qual sua opinião sobre a atuação das Câmaras Municipais, Edimar Carvalho disse, em resumo:

Chorrochó: Criaram o quinteto fantástico formado por cinco vereadores, porém parece que está se despedaçando. Os cinco vereadores unidos balançaram o município e o povo começou a frequentar a Câmara. Sem o grupo, nada muda. Só Beto de Arnóbio e mais dois discursando não vão longe”.

Macururé: “A Câmara não tem grande repercussão na cidade”, mas destacou o papel do presidente Tonhá que, “raposa velha na política, sempre tenta se sobressair sobre os demais”.

Rodelas: “Lá quase todos os vereadores são de um lado só”, minimizando o papel da pequena oposição à administração local.

Abaré: “A Câmara de Abaré demonstra ser superior na região”. Esta, aliás, é a mesma opinião em relação ao prefeito municipal.   

Comecei dizendo que este não é um trabalho essencialmente jornalístico. Mas o é, embora não no essencial, porque tenho a responsabilidade de retratar fielmente o conteúdo da entrevista mantida com Edimar Carvalho. Contudo, reitero que tenho particular interesse pela atuação do entrevistado, tanto por suas iniciativas, quanto pela criatividade que vem demonstrando nas áreas de atuação. É um líder que surge, sem dúvida.

Impressionam-me suas respostas, sempre prontas e seguras, sobre assuntos diversos. Como este: “A sociedade deveria pensar em coletividade, em somar mais em prol dos interesses de todos, ao invés de buscar o individual, o seu próprio interesse”.

Concernentemente aos blogs e sites da região, Edimar Carvalho entende que “devem divulgar tudo que esteja acontecendo no município. O papel é informar bem os leitores, mostrando a realidade do cenário atual, orientando os internautas, enriquecendo de cultura e política. À medida que o povo se atualiza e se informa fica mais difícil de ser enganado e melhora sua qualidade de vida”.

Confesso, passei a conhecê-lo mais e a compreender o porquê de sua permanente e constante presença em assuntos veiculados nas redes sociais. Ouso dizer que sua atuação deu-lhe credibilidade, principalmente no município de Chorrochó.

Cometo aqui um pecado e abdico de algumas regras elementares: mesclo entrevista com opinião pessoal, de modo que o presente texto não se propõe a ser irrepreensível, como todos que escrevo. 
   
De resto, este escrevinhador agradece a Edimar Carvalho pela receptividade e cordialidade com que foi tratado ao manifestar interesse em entrevistá-lo.


FONTE:
araujo-costa@uol.com.br

Por Edimar Carvalho (Mazinho)


Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS