DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

quinta-feira, 9 de junho de 2016

PREÇO DO FEIJÃO DISPARA NOS SUPERMERCADOS

Em alguns locais, o quilo do feijão ultrapassa os R$ 10. Tem supermercado que o produto está em falta.
O preço do feijão carioca, que nos últimos meses custava cerca de R$ 5 o quilo, disparou em junho nos supermercados do Sertão. Isso, segundo os produtores, foi por causa do clima, que tem prejudicado as colheitas pelo país, por exemplo, nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, o que tem influenciado é o excesso de chuva e no Nordeste, a seca.
Em alguns locais, o quilo do feijão ultrapassa os R$ 10. Este valor, que antes dava para comprar alguns produtos, talvez só dê mesmo para levar um pacote do grão. Por causa da escassez, em alguns locais, o feijão já está em falta.
  •  
Feijão está mais caro nos supermercados de Ribeirão Preto (Foto: Antônio Luiz/EPTV)Feijão está mais caro nos supermercados
(Foto: Antônio Luiz/EPTV)
Segundo o gerente de um supermercado na Avenida da Integração, é preciso reabastecer as prateleiras. “Estamos aguardando a resposta de uma negociação e devemos colocar o feijão na prateleira a partir de desta quarta-feira (8). Ele vai sair entre R$ 11 a R$ 12”, disse o gerente Leonardo Soares Amaral.
As outras variedades de feijão estão com valores bem distintos. Em um supermercado, 500 mg do feijão fradinho custa R$ 2,99. O feijão de corda sai a R$ 2, o quilo. Já o massacar, um tipo de feijão branco custa R$ 4,69. O feijão preto varia entre R$ 4,95 a R$ 6,99. O carioca, o mais comum, sai a R$8,49.
A despachante, Fabiana Calado, lamentou o preço que vai pagar pelo alimento e já prevê dificuldades com o aumento. “Do jeito que está não sei como fazer. A coisa está feia. Cada vez ficando mais caro. Está um absurdo”, disse Fabiana.
O militar, Nilson Oliveira, já pensa em alternativas na hora de colocar o grão no carrinho. “Vou ter que mudar o tipo de feijão, porque com este valor está muito caro”, lamentou o militar.
Extraída do G1/Petrolina
Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS