DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

domingo, 2 de julho de 2017

PAULO AFONSO: Condutor do carro QUE MATOU “MAG” em acidente NÃO POSSUI CNH e ESTAVA ALCOOLIZADO, diz delegada; ELE NEGA EM VÍDEO


A delegada regional da 18ª Coorpin (Coordenadoria de Polícia do Interior), Mirela Santana, falou com exclusividade ao portal PA4.COM.BR sobre o acidente ocorrido na noite de ontem (30) que matou Magnailma Pereira, 44 anos, funcionária da Prefeitura da cidade de Glória e deixou outras três pessoas feridas.   

O acidente envolveu dois carros, um Gol branco um Ford KA. No Gol que era conduzido ppor Magnailma também estava a sua amiga, Mariluce Bezerra de Souza, 35 anos.  

Os ocupantes do Ford KA eram Fábio Oliveira do Nascimento e o Delegado de Polícia Civil da Bahia, Guilherme Gustavo Malta Santa Cruz, que já foi inclusive delegado em Paulo Afonso. Todos eles ficaram feridos e foram hospitalizados.
Magnailma, 44 anos e a amiga Mariluce, 35 anos estavam sempre juntas. (Foto: Cortesia PA4.COM.BR)
Na entrevista, Mirela confirmou que o prontuário médico apontou que tanto o delegado Guilherme quanto Fábio estavam alcoolizados no momento da colisão e que quem dirigia o Ford KA era Fábio Oliveira e não o delegado Guilherme:   

“No hospital ouvi do próprio Fábio a afirmação que ele que conduzia o veículo, já na delegacia, no depoimento ele disse que não lembrava de nada. Quando a PM o apresentou junto com os prontuários médicos que constavam alcoolemia, no prontuário médico do Fábio, o médico do hospital constou que Fábio era o condutor do veículo por afirmação dele, mais uma prova. 

Então, diante dessas provas que nós tínhamos naquele momento chegamos à conclusão que quem conduzia o veículo era Fábio e não o Guilherme”.   

Apesar das investigações iniciais da polícia apontarem Fábio Oliveira como condutor, um vídeo que circula nas redes sociais mostra o acusado dentro de uma ambulância dizendo que não estava dirigindo o carro.VEJA NO VÍDEO ACIMA:

A delegada também afirmou que o delegado Guilherme não se evadiu do local: “Ele conta no depoimento dele, que ele andou um pouco sim, porque ele saiu, viu escuro, viu pessoas presas, ele saiu à procura de ajuda e assim que ele viu carros se aproximando ele retornou, a PM também afirmou que ele não tentou fugir, quando a polícia se aproximou ele se identificou e falou do acidente e acompanhou a PM até o local e ficou lá de pronto esperando ser levado para o hospital, a PM disse que ele manteve a calma o tempo todo e que o Fábio é que se alterou, entrou em crise, teve surto dentro da ambulância”.

Mirela revelou que Fábio Oliveira não possui habilitação e que ele será autuado por homicídio baseado no artigo 121 do código penal: “Fábio não possui habilitação, foi autuado também por esse artigo e nós o autuamos também por homicídio, artigo 121”. No Código Penal, o artigo 121 impõe pena de seis a vinte anos por homicídio.   Fábio Oliveira está preso na Delegacia de Polícia de Paulo Afonso, enquanto Guilherme foi liberado, mas responderá a processos criminal e administrativo na Corregedoria de Polícia Civil da Bahia, uma vez que é Delegado de Polícia.   

O corpo de Magnailma está sendo velado na Câmara de Vereadores da cidade de Glória-BA e o sepultamento só ocorrerá na segunda-feira, dia 3, uma vez que a família aguarda a chegada de um filho da vítima que mora fora.



OZILDO ALVES

Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS