DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

terça-feira, 14 de março de 2017

PAULO AFONSO: SECRETÁRIO VISITA CASA DE APOIO, VEREADORES RECLAMAM NA CÂMARA E SURGEM NOVAS DENÚNCIAS

Reunião aconteceu na madrugada de hoje, depois das denúncias de mau atendimento com os doentes.
Depois que colocamos as denúncias de supostos maus tratos de uma funcionária da prefeitura de Paulo Afonso a pacientes que precisam do atendimento em Salvador, onde a prefeitura mantém uma casa de apoio, os atores envolvidos se mexeram.
Na semana passada, um usuário nos escreveu de Salvador e contou coisas que, se verdade, E ASSIM EU DISSE, seriam gravíssimas. Pois é, hoje, na sessão da Câmara Municipal, o vereador Antônio Alexandre (PMDB) observou o seguinte:

″Além de todo sofrimento que uma pessoa passa aqui, quando chega fora é maltratada por uma pessoa que está despreparada, e que não era para está nessa pousada atendendo cidadãos doentes, eu lamento que isto ocorra, vamos pedir a esse governo que faça mudanças, porque depois a culpa é toda nossa″.
Vereadora Leda, pacientes e o secretário Ivaldo Salves.
Interessante é que colegas de uma rádio local acusaram a reportagem de fazer ‘politicagem’ com o assunto, ignorando que o secretário de saúde foi ouvido sobre o caso. E mais: ainda acusaram passageiros de usar o transporte e, consequentemente a pousada, para fazer compras na capital, e achando que estava pouco, emendaram: ‘um dos poucos municípios que ainda mantém o atendimento. Então vamos às perguntas:

1) A prefeitura não tem controle sobre os passageiros que viajam nestes ônibus e sobre o que vão fazer em Salvador?, para repórteres sustentarem no ar que ali vão, entre os doentes, pessoas para fazer compras?

2) Se a prefeitura não gastar os R$ 68 milhões (montante do ano passado) que é destinado à saúde com o tratamento fora do município, o que fazer com os doentes: deixá-los morrer à mingua?, sim porque no Hospital Nair Alves de Souza não tem UTI, no Hospital  Municipal, segundo os vereadores, não há condição se quer de atender ninguém, então, o que este segmento de imprensa acha que o gestor deve fazer com a verba da saúde?

Ivaldo Sales e a vereadora Leda vão a Salvador

Na madrugada deste domingo (12), o secretário de saúde de Paulo Afonso, Ivaldo Sales Júnior e a vereadora Leda Chaves (PDT) desembarcaram na pausada em Salvador. Foram atrás de dois ônibus que saíram de Paulo Afonso, e, segundo disseram, sem avisar, para verificar em loco as denúncias de mau atendimento.

Ora, ora, alguém acha que depois da repercussão da matéria, a coisa se daria assim, sem mais?, como o povo gosta de dizer: gato escaldado tem medo de água fria. Mas fiquemos com o relato de Leda, sublinhado pelo secretário.

‘Após a assistente social Nidia dar o embarque de dois ônibus da saúde para a Pousada de Salvador, pedi ao secretário de saúde Ivaldo Sales e à assistente social, se havia  a possibilidade de irmos imediatamente após o embarque, e como fiscalizadora que é o meu papel fui exatamente ver o que estava acontecendo, e para a minha surpresa, saindo de lá após uma reunião que começou às 20h30 e foi até à 00h45, pudemos verificar que os comentários não procedem.

A viagem do secretário e da vereadora também inclui outra agenda, que posteriormente iremos divulgar. No que diz respeito ao trabalho da imprensa sem babador, é isso que se deve fazer mesmo. O dinheiro do povo é para ser gasto com responsabilidade e para a saúde, educação, segurança e o bem-estar da sociedade.

Manter o tratamento dos pauloafonsinos fora do município – JÁ QUE NÃO TEM POR AQUI –  é só a obrigação da prefeitura e mais: com dignidade, e não de qualquer jeito.

Matéria relacionada:

OZILDO ALVES

Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS