DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

SERTÃO SE CONSOLIDA COMO NOVO DESTINO DE EVENTOS ESPORTIVOS DE AVENTURA

Entre o maior lago artificial do mundo, estações de energia eólica e a caatinga, 112 atletas de todo o Brasil concorreram sábado (13) pelo Casco de Peba - prova integrante Circuito de Aventura Rio da Integração (CARI), organização esportiva do Vale do São Francisco que dá acesso ao Ranking Brasileiro de Corrida de Aventura (RBCA).

Em 2016, a prova teve percurso de 70 km com as modalidades mountain biking, natação, orientação e trekking. Os ganhadores no quarteto misto foram Mandacaru Casca Grossa (1º), Casco De Peba (2º) e Terra Brasilis (3º). Na dupla, Terra Brasilis (1º), Ecotrip (2º) e Sertão Bike Casa Nova (3º).

Péricles, integrante da dupla ganhadora Terra Brasilis, destacou a região como "desafiadora". "Saímos de Fortaleza/CE com uma única certeza: que a região seria, por si só, um desafio. E não foi diferente: uma mistura de estratégia com intensidade e esforço físico dosado com paciência. Sabíamos que quem errasse teria pouca chance para se recuperar, pois a prova seria em um ritmo frenético. Isto é corrida de aventura, onde desistir não é uma opção e lutar até o final é o que faz a diferença", destacou o atleta.

Outro participante da corrida foi o atleta Arnaldo Maciel, dupla do Carlos Augusto da equipe Olhando Aventura/Np5. Ele, que é reconhecido como um dos responsáveis pelo atual formato das corridas de aventura no país, alega que os olhares dos atletas do Brasil têm se voltado cada vez mais para o sertão.

"O lago de Sobradinho, fazendas de frutas e o sertão tão admirado e de belezas que amolecem o coração dos mais brutos foram paisagem para uma competição que reúne os melhores corredores da região e de outros estados. Estes são pontos que cada vez mais nos atraem para participar da Casco de Peba; que este ano ofereceu estrutura impecável, se colocando no patamar das grandes corridas de aventura no Brasil", ressaltou Arnaldo.

Palestrante do evento de abertura, Thiago Elias - o famoso Brou Bruto Drews, com milhares de seguidores em suas redes sociais - chamou atenção dos mais de 250 atletas presentes na Marina do Vale, na noite de sexta-feira (12), para a garra de todo atleta vencedor. Ele alega ter saído renovado da corrida. "O sertão como sempre, surpreendeu pela beleza e riqueza. Rasgamos mata, cansação; conheci essa vegetação incrível, com cactos que possuem água. Da outra vez, passei sede por não conhecer esses cactos! O Velho Chico tem uma imensidão, uma beleza e uma purificação incrível. Saí renovado, com energia mais bruta ainda", confessou.

Como a palestra do "Brou" era beneficente, cerca de 100 kg de alimentos não-perecíveis deverão ser doados nos próximos dias à Unidade Petrolina da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais - APAE. Para a organização do Casco de Peba 2016, a competição do próximo ano já é certa e deve contar com ainda mais corredores de outras regiões. "Estamos realizados em ver a satisfação estampada nos rostos dos atletas. O grito 'Bora, Casco de Peba!' está fortalecido", destacou. Este ano, o evento teve apoio da Rio Sol e Prefeitura de Sobradinho/BA.



Por Paula Theotônio/Blog Geraldo Jose/Eloy Neto
Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS