DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

terça-feira, 16 de agosto de 2016

CHESF MONITORA RIO SÃO FRANCISCO E NOVO DIRETOR DE OPERAÇÃO PRIORIZA O USO MÚLTIPLO DAS ÁGUAS

Novo diretor de Operação destaca a importância do uso múltiplo das águas
O novo diretor de Operação da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), João Henrique Franklin, nomeado no último dia 3, afirmou que a Bacia do Rio São Francisco tem, atualmente, como principal foco o abastecimento humano, produção de alimentos e preservação do ecossistema.

“Não é prioridade do Setor Elétrico gerar energia nas usinas instaladas no Rio São Francisco neste momento, tendo em vista que estamos no quarto ano de escassez de água na região. A prioridade é o uso múltiplo das águas pelas populações ribeirinhas e pelas diversas entidades e associações envolvidas. O Setor Elétrico tem outras fontes de energia para o atendimento ao consumo”, declarou.

Ele explicou que, caso não existisse o Reservatório de Sobradinho (BA), a estiagem já teria provocado resultados piores, atingindo o abastecimento de grandes cidades, como Petrolina (PE), Juazeiro (BA) e Aracaju (SE).

A Chesf vem realizando monitoramento periódico sobre todos os efeitos causados pela baixa vazão do Rio São Francisco, que atualmente está em 800 metros cúbicos por segundo (m³/s) – água liberada por Sobradinho.

“Estamos em contato constante com os usuários, associações, comunidades ribeirinhas, prefeituras, governos estaduais, sempre buscando ampliar o diálogo e esclarecer o papel da Chesf neste momento”, afirmou o diretor.

Nomeação
Em reunião no dia 3 de agosto de 2016, o Conselho de Administração da Chesf nomeou o engenheiro João Henrique de Araujo Franklin Neto para a Diretoria de Operação da Companhia, que também teve seu nome aprovado pelo Conselho de Administração da holding Eletrobras.

João Henrique Franklin trabalha na Chesf, desde 1982, onde foi estagiário nos anos de 1980 e 1981. Ocupou diversos cargos gerenciais na área de Operação do Sistema Eletroenergético; atuou como superintendente da área de Operação de Energia, durante 17 anos; e foi coordenador da área de Regulação, de 2015 até julho de 2016.

Representou a Chesf no Comitê Coordenador de Operação do Norte e Nordeste (CCON) e no Grupo de Coordenação da Operação do Sistema Interligado (CGOI). Atualmente, representa a Chesf junto ao ONS, à Associação Brasileira das Grandes Transmissoras de Energia (Abrate) e à Associação Brasileira das Grandes Geradoras de Energia (Abrage).

Redação
Paulo Afonso Agora
Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS