DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

terça-feira, 23 de agosto de 2016

AJUDANTE DE OBRA DESAPARECE NA BAHIA E FAMÍLIA DO SERTÃO DE PERNAMBUCO BUSCA PISTAS

Antônio morava em Salgueiro, viajou para Paulo Afonso-BA, e desapareceu. Ele foi tirar a habilitação, imagens da autoescola registram Antônio no local.
Em Salgueiro, no Sertão de Pernambuco, Maria Eunice Alves e a família estão em busca do seu esposo, o produtor de obra, Antônio Alves Gondim. O homem desapareceu há quase um mês em Paulo Afonso, na Bahia. O caso foi registrado pela polícia, mas até agora ninguém sabe do paradeiro dele.
O desaparecimento aconteceu no dia 1º de agosto. Antônio morava em Salgueiro e havia viajado para a cidade de Paulo Afonso, na Bahia. “Ele viajou no dia 24 para passar uma semana lá, tentando tirar a carteira de habilitação, porque ele não tinha leitura e queria tirar a habilitação. No domingo, ele ligou para mim, dizendo que ia pedir na segunda-feira para eu depositar um dinheiro para ele vir embora para casa, mas nem ligou e nem nada”, conta a esposa Maria Eunice.
Antônio foi visto pela última vez por volta das 11h do dia primeiro de agosto. Ele aparece em imagens do sistema de segurança da autoescola, onde fazia os testes pra tirar a carteira de habilitação. A filha de Antônio, Socorro Alves, estranhou o desaparecimento do pai. ”Ele não era uma pessoa que fumava, bebia ou que gostava de farra, é muito estranho. Era uma pessoa muito responsável, que se preocupava muito com a gente aqui em casa. Não saia sem avisar, todo lugar que ia com a minha mãe. A gente fica imaginando o que aconteceu, porque eu acredito que um ser humano não teria coragem de fazer mal para uma pessoa daquela”, relata.
A família procurou a polícia em Salgueiro e em Paulo Afonso. “A gente prestou B.O. na polícia em Salgueiro e também na de Paulo Afonso, e começamos a agir também, divulgando em blogs e sites. Fizemos cartazes e espalhamos pela cidade lá, espalhamos pelas cidades vizinhas também. Estamos esperando a polícia, o que a polícia vai dizer, esperando a polícia ajudar de alguma forma também” revela Socorro.
De acordo a Polícia Civil de Salgueiro, não se pronunciou sobre o caso, porque a responsabilidade das investigações está com a delegacia de Paulo Afonso. O delegado Cícero Gomes de Paulo Anfonso informou que não foi aberto um inquérito porque o caso ainda não é considerado crime, pois a última vez em que Antônio foi visto, ele estava com malas, pronto pra viajar. A delegacia incluiu o homem no cadastro de pessoas desaparecidas na Bahia.
g1
Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS