DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Parabéns, Paulo Afonso! 59 anos de Emancipação Política (Fotos)

Hoje, dia 28 de Julho, o município de Paulo Afonso completa 59 anos de emancipação política e o site PA4.COM.BR (Site Ozildo Alves) presenteia você leitor, e ao mesmo tempo, homenageia essa bela cidade reproduzindo um acervo de várias imagens (fotos e vídeos) atuais e históricas (início de sua construção). Os créditos das imagens são do Google, You Tube, do fotógrafo João de Souza Lima e do professor, escritor e historiador, Antônio Galdino.

A EMANCIPAÇÃO

A emancipação de Paulo Afonso surgiu por força do seu progresso. Em 15 de março de 1948, o Governo Federal sob a presidência de Eurico Gaspar Dutra, criou a Companhia Hidroelétrica do São Francisco – CHESF, com a finalidade de aproveitar o potencial energético da Cachoeira de Paulo Afonso.

Em torno das instalações do acampamento da Chesf surgiu uma aglomeração urbana que se desenvolveu a ponto de se tornar o centro mais populoso, de maior renda e o grande suporte das atividades administrativas da sede do município de Glória. Paulo Afonso conseguiu a sua Emancipação Política em 28 de julho de 1958. 

PARABÉNS, PAULO AFONSO! ‘CIDADE DE INFINITA BELEZA!’

Procissão na Rua do Gangorra, em 07/04/1950
Operários da Chesf cavando túnel para a Usina Paulo Afonso I – Em 12/05/1950
Movimento de trabalhadores em frente às guaritas da Chesf. 1952
Mercado Público e Feira livre. 27/03/1950
Casas Pernambucanas funcionava na esquina do Mercado Público
Desfile de 7 de Setembro de 1956 na Rua da Frente. Veja à direita da foto a Cadeia de Pedra e logo abaixo, o CIne Tupy. Ao fundo a Igreja de N.S. de Fátima
Rua Amâncio Pereira
Procissão na Rua da Frente em 03/09/1950 – À esquerda, Forquilha, Vila Poty. À direita, Acampamento da Chesf
Acampamento da Chesf, 1953
Casa de Pedra, Cadeia Pública. Na Rua da Frente (Av. Getúlio Vargas) (Em frente ao San Marino Hotel – hoje)

Rua da Frente em 1950
Estação de passageiros de Paulo Afonso, em 19/09/1950. Em seu lugar foi construído o Colégio Montessori, na Av. Apolônio Sales
Aula na improvisada ainda Escola Alves de Souza em 28 de junho de 1949. A professora é Ezilda Carvalho, esposa de Aprígio, segundo relato do ex-diretor da Chesf, pioneiro desde a construção da Usina Piloto, em seu livro PAULO AFONSO – Luz e Força Movendo o Nordeste, publicado em 1998. (pág..262)
Vista da Torre da Catedral
Construção do quartel da 1ª Cia de Infantaria – anos 50
Antigo Aeroporto de Paulo Afonso – atualmente Centro de Cultura Lindinalva Cabral
Avenida Getúlio Vargas (1951)
Matriz de Nossa Senhora de Fátima (1955)
Visita de Frei Damião
Av Amâncio Pereira – anos 60
Cruzamento da Av. Amâncio Pereira e 31 de Março – final dos anos 60
Palco montado no cruzamento das ruas Santo Antônio e Amâncio Pereira
Jerry Adriani, Gilberto Leal e Alonso Maciel
Jerry Adriani
Obras do Monumento Os Trabalhadores
Getúlio Vargas – nos anos 70 a feira era realizada onde atualmente está a Praça Abel Barbosa
Av. Getúlio Vargas – outra vista da feira
Cadeia Pública – Av. Getúlio Vargas
Touro e a Sucuri – anos 70
A Av. Getúlio Vargas e ruas adjacentes
Prainha – anos 80

ABAIXO, AS FANTÁSTICAS IMAGENS AÉREAS DE PAULO AFONSO HOJE, FEITAS PELO FOTÓGRAFO MÁRIO ROBERTO:














OZILDO ALVES


Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS