DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

terça-feira, 11 de outubro de 2016

‘MARTE’ FAZ MUDANÇAS NA LINHA SALVADOR/ABARÉ E POPULAÇÃO SE SENTE PREJUDICADA; CONFIRA O QUE MUDOU

As mudanças feitas pela Viação Marte, empresa de ônibus que faz linha de Salvador à Abaré, deixou muita gente triste e preocupada.
Desde meados da década de 90, a população das cidades ligadas à BR-116, entre Salvador e Abaré, sempre teve transporte diariamente, nos dois sentidos. A princípio, a empresa que fazia essa linha era a São Luiz, depois foi a Falcão Real e posteriormente a Marte, esta última circula até os dias atuais.

Porém, sem ampla divulgação em terminais rodoviários, pontos de ônibus, próprios veículos ou nos meios de comunicação, no dia 26/09/16, a empresa reduziu as viagens, ou seja, os ônibus deixaram de circular diariamente e passaram a viajar apenas algumas vezes por semana, na linha citada acima.

Agora, quem quiser ir de Abaré à Salvador no ônibus da Marte, não poderá ir mais no dia que quiser, terá que saber quais são os dias que a empresa disponibilizará ônibus para fazer esse trajeto.

VEJA, ABAIXO, OS DIAS DA SEMANA QUE OS ÔNIBUS DA MARTE FARÃO A LINHA SALVADOR/ABARÉ.


CASO NÃO TENHA ENTENDIDO A TABELA, VEJA ABAIXO:
·         Nas segundas, quartas e sextas não terá ônibus da Marte com destino a Salvador. Ou se, por exemplo, você quiser ir de Chorrochó para Canudos, Euclides da Cunha ou Feira de Santana terá que planejar para viajar na terça, quinta, sábado ou domingo à noite, caso deseje viajar no transporte da Marte.
·         Nas terças e quintas não terá ônibus com destino à Abaré ou Rodelas. Ou se você quiser ir de Serrinha para Macururé, Abaré ou algum povoado da região, terá que viajar na segunda, quarta ou sexta.
·         Obs: na sexta terá ônibus saindo de Salvador de manhã e à noite. O ônibus que sai de Salvador à noite, chega no sábado de manhã em Rodelas.
Por que a empresa fez essa mudança?
Como citado antes, não houve divulgação ampla através da empresa sobre a mudança e muito menos ainda sobre a motivação para isso.
Segundo informações extra-oficiais e suposições, a empresa decidiu fazer essa redução possivelmente devido a pouca quantidade de passageiros e também por causa dos freqüentes assaltos entre os municípios de Abaré e Chorrochó.
Falta de passageiros: realmente, nos últimos meses, os ônibus da Marte estão circulando com poucos passageiros. Talvez devido à crise financeira, as pessoas estão viajando menos. Seria um bom motivo para a empresa fazer essa redução?
Assaltos: nesse ano de 2016, o ônibus da empresa foi assaltado várias vezes, em curto espaço de tempo, principalmente no trecho entre Barra do Tarrachil e Abaré. Seria um bom motivo pra empresa fazer essa mudança?
Se a quantidade de passageiros está sendo pouca e o dinheiro arrecadado não está dando para cobrir os gastos, é sim um motivo para se fazer a mudança. Porém, alternativas poderiam ser criadas pela empresa, por exemplo, colocar um veículo menor em dias específicos, onde fosse constatado que a quantidade de passageiro, naqueles dias, é menor.
Em relação aos assaltos, a empresa só está tendo problemas na região que corresponde aos municípios de Abaré, Chorrochó e Rodelas. A maioria dos assaltos ocorreu na BA-210, entre Barra do Tarrachil e Abaré.
“Se os assaltos acontecem somente na região citada acima, por que os passageiros dos outros municípios, entre Salvador e Macururé ou Canudos, por exemplo, têm que serem prejudicados?”, perguntou um passageiro.

OUTRA EMPRESA NA LINHA
Atualmente, a Marte, como se diz, é a “dona da linha”, com isso outras empresas não podem fazer o mesmo trajeto. Porém, já que a empresa está deixando espaço, cabe às outras entrarem na briga pela linha nos dias em que a Marte não esteja circulando. O que não pode é ficarmos impedidos de viajar para determinado lugar simplesmente por que no dia desejado não tem transporte.

O PIOR DIA
Durante a semana, mesmo com a mudança, ainda há outras formas de viajar para qualquer cidade entre Macururé e Salvador, existem as caronas, outras empresas (a partir de Bendegó) e os transportes alternativos. Entretanto, aos domingos a situação se complica, pois os comércios e os vários tipos de serviços da região não funcionam e, portanto, não há viabilidade para os transportes alternativos circularem. O único veículo que circulava aos domingos nessa rota, principalmente entre Bendegó e Abaré ou Rodelas, era a Marte e, após a mudança, não viaja mais.
E agora? Como ir, por exemplo, de Canudos à Chorrochó ou Macururé aos domingos?
Se uma pessoa estiver em Salvador ou Feira de Santana no fim de semana e ela for obrigada a estar em Abaré ou Ibó na segunda-feira de manhã, como ela fará pra viajar no domingo?
Desde o dia que aconteceu a mudança, muitas pessoas perderam a viajem, esperaram e foram surpreendidas ao receberem a informação que o ônibus não fazia mais o trajeto naquele dia.
Enfim, os prejudicados somos nós desta região que já é um pouco abandonada pelo poder público e agora teremos que enfrentar dificuldade para nos locomover. Alguém nos socorra!!!
Tentaremos entrar em contato com a empresa para sabermos mais detalhes: o que realmente motivou as mudanças; se estão pensando em alguma alternativa; se darão espaço para outra empresa, etc.
PORTAL FORMOSA
Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS