DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

quinta-feira, 23 de junho de 2016

OPERAÇÃO TENTA COIBIR TRANSPORTE CLANDESTINO INTERESTADUAL EM JUAZEIRO E PETROLINA

Pelo menos quatro vans foram apreendidas. Passageiros podem conferir regularidade do veículo pelo número 166.
Durante o período de São João, as cidades de Petrolina, no Sertão pernambucano, e Juazeiro, na Bahia, serão alvo de uma Operação São João, realizada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) em parceria com a Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal (PRF). O objetivo é coibir a circulação de transporte clandestino interestadual.
A Operação, que começou na terça-feira (21), não tem uma data definida para ser finalizada. Na manhã desta quarta-feira (22) as equipes estavam na Ponte Presidente Dutra, BR-407, que liga as duas cidades. “A gente sempre recebe denúncias”, destacou o responsável pela ANTT, Julio Ramos.
Fiscalização na ANTT na rodoviária de Petrolina (Foto: Divulgação/ANTT)Fiscalização na ANTT na rodoviária de Petrolina
(Foto: Divulgação/ANTT)
Quatro vans foram apreendidas por transporte clandestino. Uma delas vinha de São Paulo. Entre os problemas encontrados, além do transporte clandestino, estavam problemas com segurança como crianças embarcando sem documentação ou acompanhadas de adultos e parabrisas trincados.
“O motorista de um dos carros foi preso e encaminhado para a delegacia, após uma criança de 9 anos de idade ter denunciado que ele tentou abusar dela durante a viagem. A van vinha de Araripina com destino a Juazeiro. Acionamos o Conselho Tutelar. No momento tinham apenas dois passageiros”, afirmou Julio Ramos.
Além das vans, os ônibus também estão sendo fiscalizados. Um deles foi encontrado com excesso de passageiros. A Operação São João da ANTT está acontecendo em diversos pontos da cidade, incluindo nos terminais rodoviários. “Quem tiver indo ou vindo de outros estados e quiser certificar junto à ANTT se o transporte é regular, basta ligar para o número 166 e informar o número da placa”, ressaltou o responsável pela Agência Nacional de Transportes Terrestres.
G1/PETROLINA

Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS