DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

terça-feira, 15 de março de 2016

QUERO SABER QUEM VAI PAGAR A PORRA DESSE APARTAMENTO, DISSE LULA À POLÍCIA FEDERAL

Em seu depoimento à Polícia Federal (PF), no dia 4 de março, quando foi conduzido coercitivamente para depor em uma sala no Aeroporto de Congonhas, o ex-presidente Lula ficou irritado após responder uma série de indagações sobre o tríplex 164/A do Condomínio Solaris (antigo Mar Cantábrico), no Guarujá. A PF e o Ministério Público suspeitam que o petista é o verdadeiro dono do imóvel.
Ele afirmou que não é dono do imóvel e insistiu na versão que vem apresentando desde que a Operação Lava Jato passou a investigar a participação da empreiteira OAS nas obras do edifício e na reforma milionária do apartamento. “Quero saber quem vai pagar essa porra desse apartamento. Eu quero saber”, disse Lula, durante o longo e tenso depoimento.
O delegado iniciou essa etapa do depoimento, relativa ao apartamento na praia das Astúrias, com a pergunta. “O senhor comentou agora que o apartamento não é seu, que o senhor estava querendo o dinheiro de volta…”
Lula: “Estou querendo, não recebi ainda, estou querendo.”
“O senhor fez o requerimento, é um termo de declaração com o requerimento de admissão do quadro social da Mar Cantábrico, da Bancoop. Quando é que foi feito esse requerimento para o senhor sair da Bancoop?”
Lula: “Agora em dezembro.”
-“Por que nessa data que está aqui consta 2009, o ano?”
-“Eu não sei a data que consta, querido.”
Lula: Não, 2009 consta aí, foi o seguinte, quando houve o Termo de Ajuste de Conduta entre o Ministério Público e os cooperados.
Ainda o ex-presidente. “E a Bancoop deixou de mandar boleto, como a gente estava num ano eleitoral a minha preocupação era eleger a nossa Dilma Roussef Presidenta da República. Eu estava pouco me lixando pra Bancoop. Por que o Ministério Público não disse que fez um Termo de Ajuste de Conduta nesse apartamento, por que não assume, e que orientou aos cooperados, que orientou a OAS a fazer? Não sei por que não assume?”
Lula: “Não, não tinha sido feito, porque, como a insinuação da imprensa era de que estava sendo feito, o que o Instituto quis dizer na nota é que se fosse feito eu teria que pagar a diferença.”

“Não tem, não tem. É o valor que eu paguei corrigido. (…):Se tem alguém que pode me processar é a OAS, ela falava o seguinte: ‘Eu estou tendo prejuízo com o apartamento, você vai pagar.’ Agora, eu quero o apartamento agora, alguém vai me dar, ou o Ministério Público vai me dar, ou a Veja vai me dar, ou a Globo vai me dar, mas eu preciso do apartamento agora e quero saber quem vai pagar essa porra desse apartamento. Eu quero saber”, disse, conforme informações do Estadão.
Por Redação Bocão News
Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS