DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

LULA PODE ESTAR ENVOLVIDO EM PRÁTICAS APURADAS NA OPERAÇÃO ACARAJÉ, DIZ POLÍCIA FEDERAL

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pode estar envolvido nas irregularidades investigadas pela Operação Acarajé, 23ª etapa da Operação Lava Jato. A indicação foi feita pela Polícia Federal em um relatório de 44 páginas anexado ao inquérito, de responsabilidade do delegado Filipe Hille Pace. Segundo o agente, há uma referência a um 'Prédio (IL)' encontrada no celular de Marcelo Odebrecht, ao lado do valor superior a R$ 12 milhões. "Em relação à anotação 'Prédio (IL)', a Equipe de Análise consignou ser possível que tal rubrica faça referência ao Instituto Lula. Caso a rubrica 'Prédio (IL)' refira-se ao Instituto Lula, a conclusão de maior plausibilidade seria a de que o Grupo Odebrecht arcou com os custos de construção da sede da referida entidade e/ou de outras propriedades pertencentes a Luiz Inácio Lula da Silva", diz o documento. De acordo com o Estadão, o delegado ainda ressaltou que o possível envolvimento de Lula deve ser tratado com parcimônia, "o que não significa que as autoridades policiais devam deixar de exercer seu mister constitucional". "Se os fatos indicarem a inexistência de ilegalidades, é normal que a investigação venha a ser arquivada". Também foi identificada uma planilha com anotações 'possivelmente idealizada por Marcelo Bahia Odebrecht', que revela o controle que o dirigente máximo do Grupo Odebrecht possuía sobre a destinação de recursos, à margem da lei, para o PT. O relatório ainda menciona o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, cujo nome aparecia no celular de Odebrecht acompanhado da palavra 'Prédio'. O documento mostra R$ 12,42 milhões supostamente destinados à construção do Instituto Lula. "Faz referência a valores específicos, possivelmente devidos em razão de serviços prestados, por exemplo, cujo valor é calculado com base no preço de produtos e mãos-de-obras", diz o relatório. O Instituto Lula disse que a suposição não procede, já que o instituto foi fundado em 2011, fruto do Instituto Cidadania, que funcionava em um sobrado adquirido em 1991. 
BAHIA NOTÍCIAS
Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS