DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

HOMEM SUSPEITO DE TRAFICAR MAIS DE 6 T DE DROGA É PRESO PELA POLÍCIA FEDERAL EM OROCÓ

A companheira do traficante também foi presa. O traficante possui mandados de prisão em aberto em SE, BA, PE e MG.
A Polícia Federal (PF) de Pernambuco, divulgou nesta segunda-feira (29) a prisão de dois traficantes em Orocó, no Sertão pernambucano. O homem, de 34 anos, possui antecedentes criminais por tráfico e associação ao tráfico nos estados de Sergipe, Bahia, Pernambuco, Minas Gerais e São Paulo, onde tem mandados de prisão em aberto. A companheira do traficante, uma mulher de 24 anos, também foi presa por tráfico de drogas.
De acordo com a PF, os carregamentos de droga chegam a mais de seis toneladas de maconha. Os traficantes são responsáveis pela distribuição de entorpecentes para toda a região Nordeste, fazendo a ponte para Pernambuco, Bahia e cidades do Nordeste.
Segundo a Polícia Federal, foram quatro meses de investigações realizadas pela PF de Pernambuco e Sergipe. De acordo com informações, os suspeitos eram donos de uma plantação de maconha em ilhas no Rio São Francisco, próximo à cidade de Orocó, onde foram presos. Na casa, a polícia encontrou uma pistola calibre 38, com 17 munições e oito aparelhos de celular. Não foi encontrada nenhuma plantação, nem qualquer entorpecente.
Durante o depoimento à polícia, o traficante informou que, após ser preso por tráfico de drogas pela Polícia Federal de Sergipe em 2013, recebeu habeas corpus em 2014 e, como tinha vários outros mandados de prisão expedidos, quebrou a liberdade condicional e ficou foragido. Já a companheira afirmou que também foi presa por tráfico de drogas e cumpriu pena de três meses em um presídio feminino. Após conseguir o benefício da prisão domiciliar, fugiu e foi considerada foragida da justiça.
Após receber voz de prisão, os suspeitos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Federal em Salgueiro. Após a autuação, foram realizados Exame de Corpo de Delito no Instituto de Medicina Legal (IML) e, em seguida, foram encaminhados para a Cadeia Pública e para o Presídio Feminino de Salgueiro, onde permanecem à disposição da justiça de vários estados.
g1/petrolina
Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS