DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

AVIÃO DA POLÍCIA FEDERAL QUE BUSCARIA O MARQUETEIRO DO P.T. QUASE SE CHOCA COM AERONAVE DA FORÇA AÉREA BRASILEIRA

Eram sete e meia da manhã desta terça-feira quando a aeronave de matrícula PR-BSI quase se chocou com um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) no aeroporto de Brasília. O modelo B 300 da Beech Aircraft está registrado em nome da Polícia Federal e, segundo informações preliminares da FAB, descumpriu a trajetória prevista, ignorou as orientações do controlador de voo e, ao decolar, fez uma curva para o lado oposto ao estabelecido na carta de voo.
O avião se preparava para viajar até Guarulhos (SP), onde o marqueteiro de campanhas petistas João Santana se entregaria às autoridades. O publicitário e consultor da presidente Dilma Rousseff estava na República Dominicana, onde trabalhava na campanha à reeleição do presidente Danilo Medina, quando recebeu uma ordem de prisão.
Santana teve a prisão decretada por ordem do juiz Sergio Moro após investigadores da Operação Lava Jato terem encontrado indícios de que ele recebeu pelo menos 7,5 milhões de dólares em contas secretas no exterior. 
A Força Aérea Brasileira ainda não sabe precisar a distância em que as duas aeronaves ficaram e nos próximos dias deve ouvir os pilotos e o controlador sobre o incidente.

Ao perceber o erro no trajeto do avião da Polícia Federal, o controlador repreende os pilotos da aeronave que buscaria João Santana em São Paulo. "Bravo-Serra e Índia (PR-BSI), a sua decolagem deveria ter iniciado a curva à direita, 4,1 mil pés", diz. O erro foi confirmado pelo piloto da FAB: "A aeronave iniciou curva à direita, a saída nossa ficou conflitante com esse tráfego, ok? Não tem mais como fazer essa saída aqui com essa aeronave decolando".
Por Redação Bocão News
Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS