DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

PASTOR SUSPEITO DE MATAR EX-COLEGAS POR VINGANÇA É PRESO

Ele é considerado mandante; dois suspeitos de executar foram presos. Pastora e prima morreram após sequestro no dia 20, no sudoeste da BA.
O pastor suspeito de matar a também pastora Marcilene Oliveira Sampaio e a prima dela, Ana Cristina Sampaio, em Vitória da Conquista, sudoeste do estado, foi preso na noite de terça-feira (26), no município de Ibicuí, após cerca de 20 horas de buscas da polícia.
De acordo com o delegado Marcus Vinícius, titular da 10ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin/Vitória da Conquista), Edimar Brito foi encontrado na casa de um irmão, após sete dias de fuga. Ele é considerado mandante do crime. Dois suspeitos de executar as mortes foram presos. A suspeita da polícia é de que o crime teria sido motivado por vingança após as vítimas, que eram colegas do pastor suspeito, terem saído da igreja dele depois de um desentendimento para fundar uma nova e levado a maioria dos fiéis.
Os corpos de Marcilene e Ana Cristina foram encontrados no último dia 20, em uma estrada que liga a cidade de Conquista ao município de Barra do Choça, após sequestro na noite anterior. A pastora, Marcilene Oliveira Sampaio, também era professora da Universidade Estadual da Bahia (Uneb). As duas mulheres foram mortas com golpes de pedra, segundo a polícia.
Marido de professora da Uneb sobrevive à tentativa de homicídio na Bahia (Foto: Reprodução/TV Bahia)Marido de professora da Uneb sobreviveu à
tentativa de homicídio (Foto: Reprodução/TV Bahia)
O marido da professora, que também é pastor evangélico, estava com as duas mulheres no momento da chegada dos criminosos, na noite do dia 19 de janeiro, uma terça-feira.
De acordo com a polícia, ele foi espancado, mas conseguiu se salvar e só apareceu na manhã desta quarta. Segundo a polícia, a intenção dos criminosos era matar toda a família no sítio em que as vítimas residiam.
Liberação
O corpo da mulher morta a pedradas ao lado de uma pastora foi liberado nesta sexta-feira (22) do Instituto Médico Legal (IML) de Vitória da Conquista, região sudoeste. Ana Cristina Sampaio, 37 anos, morava no estado de São Paulo e estava na Bahia para descansar após enfrentar a morte da mãe, disse o cunhado dela, Mizael Moreira. Um pastor é considerado mandante do crime e está sendo procurado - dois executores foram presos.
"Ela morava Embu das Artes e há três meses a mãe dela faleceu em São Paulo. Ela decidiu ir para a Bahia para descansar e tentar espairecer um pouco por causa da perda. Eu e minha esposa também estávamos na Bahia desde o Natal e ficamos hospedados no mesmo sítio da pastora, mas vim embora na semana retrasada e ela ficou", disse.
G1/BA
Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS