DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

sábado, 9 de janeiro de 2016

GOVERNADOR ENTREGA RETRO-ESCAVADEIRAS; MACURURÉ, ABARÉ, CHORROCHÓ, E RODELAS ESTÃO ENTRE OS MUNICÍPIOS CONTEMPLADOS

A agricultura familiar na Bahia segue fortalecida com o lançamento de novas ações que marcam o início das atividades da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural (SDR), neste ano de 2016. Nesta sexta-feira (08), em ato realizado no distrito de Ipuaçu, município de Feira de Santana, situado no Território de Identidade Portal do Sertão, o governador Rui Costa e o secretario Jerônimo Rodrigues, formalizaram contratos para prestação de serviços de assistência técnica e extensão rural (ATER), beneficiando 40.320 famílias. 

Com o valor total de R$ 147 milhões, os serviços serão coordenados pela Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), da SDR, com entidades sociais selecionadas,  por chamadas públicas,  para execução dos serviços de ATER.

Na ocasião, também foi lançado edital para seleção de projetos de apoio à cadeia produtiva de caprinovinocultura, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), no âmbito do projeto Bahia Produtiva, avaliado em R$ 20 milhões, com recursos do Estado e do Banco Mundial, beneficiando agricultores familiares e empreendedores da economia solidária dos 27 Territórios de Identidade da Bahia.

No evento, ainda foram entregues 16 retroescavadeiras para serem utilizadas na construção de 617 aguadas. O investimento, no valor de R$ 2,8 milhões, é fruto de dois convênios firmados entre o Ministério da Integração Nacional, pela Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e do Parnaíba (CODEVASF) e o Governo da Bahia, por meio da CAR, para atender aos municípios de Abaré,Campo Formoso, Casa Nova, Chorrochó, Glória, Jeremoabo, Macururé, Miguel Calmon, Morro de Chapéu, Ourolândia, Paulo Afonso, Pedro Alexandre, Rodelas, Sento Sé, Várzea Nova e Pilão Arcado.      

O secretário de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, ressaltou que as ações objetivam fortalecer a agricultura familiar, dando condições para melhorar a renda e a produtividade dos agricultores familiares, responsáveis por 70% da produção dos alimentos saudáveis cultivados no Estado. "Começamos o ano com entregas e lançamento de ações conjuntas. Entregamos equipamentos para armazenamento de água, lançamos um edital de R$ 20 milhões para sistema produtivo da ovinocaprinocultura de corte e de leite e assinamos um importante convênio com 32 entidades de ATER. São três ações importantes: água, ATER e inclusão produtiva para acesso a mercados, que fortalecem, ainda mais, a agricultura familiar, e ressaltam a missão estratégica para qual a SDR foi criada".

De acordo com o superintendente da CAR, Jeandro Ribeiro, a CAR/SDR, através dos editais, permite, mais uma vez,  democraticamente, que agricultores familiares acessem as políticas públicas, que promovem a inclusão socioprodutiva. "Agora é a vez da cadeia de caprinocultura, onde serão investidos R$ 20 milhões em insumos produtivos, agregação de valor e Assistência Técnica".

Jazon Júnior, diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural, da Bahiater, explica como será o formato da execução dos contratos de ATER. "A ATER vive um novo momento com a criação da Bahiater, as chamadas públicas lançadas permitirão uma parceria com organizações sociais, para fornecimento de assistência técnica que prima pelo aumento dos índices de produtividade da agricultura familiar, pelo acesso e integração das políticas públicas e pelo fortalecimento do acesso a mercados. Além disso, esse novo formato permitirá uma remuneração por resultados pelos prestados pelas organizações contratadas".

Ana  Lúcia Martins, secretaria executiva da Comissão Ecumênica dos Direitos da Terra (Cedeter), uma das entidades contempladas com a chamada pública da Bahiater, que atua no Território de Identidade do Portal do Sertão, comemora a concretização do edital, que irá beneficiar, especificamente, 720 famílias dos municípios de Irará, Água Fria, Santanópolis e Coração de Maria. "Sempre foi um desafio oferecer assistência técnica sistemática e de qualidade. Acredito que agora teremos oportunidade diferenciada, com melhor infraestrutura e equipe técnica. Vivemos um momento muito importante para a agricultura familiar da  Bahia, no qual as políticas públicas estão sendo convergidas. Temos assistência técnica articulada com políticas públicas a exemplo do PAA, Garantia Safra, dentre outras."


José Adilson de Souza, presidente da Cooperativa Agropecuária Mista da Região de Alagoinhas (Coopera), conta que a entidade com atuação no Território de Identidade do Litoral Norte e Agreste Baiano, estará, especificamente, por meio deste edital, atendendo serviços de ATER nos municípios de Alagoinhas, Aporá, Inhambupe e Sátiro Dias. "Por meio deste edital vamos oferecer assistência técnica à 2.480 agricultores familiares, que terão a oportunidade de aumentar sua  produção no cultivo da mandioca, milho, laranja, limão, feijão e amendoim, além de suas  pequenas criações: galinhas, porcos, ovelhas, gados de leite e de corte".
http://www.sdr.ba.gov.br
Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS